Sistema de recursos humanos SERH é registrado no INPI

12/03/2018
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

Foi realizado hoje (12/03), o início do processo de registro do sistema SERH no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Trata-se do primeiro registro realizado totalmente em meio eletrônico pelo TRF da 4ª Região, por meio da assinatura e-CNPJ do tipo A1 realizada pela diretora-geral do tribunal, Magda Lucia Scheunemann Cidade.

Com o registro, os direitos sobre o programa de computador ficam assegurados ao TRF4 pelo prazo de 50 anos.

Conheça o SERH

O SERH é um sistema de gestão de pessoas desenvolvido no TRF4 e ativo no tribunal desde 2015. Ele é responsável pelo controle e gerenciamento de diversas demandas dos magistrados, servidores e estagiários. É por lá que os usuários administram suas férias, afastamentos, benefícios, movimentações de lotação, folha de pagamento, consignações, entre outras demandas. O sistema contribui para a celeridade do tribunal, trabalhando com agilidade e autonomia para diminuir a burocracia interna.

O SERH faz parte de um projeto de implantação nacional coordenado pelo Conselho da Justiça Federal (CJF). No segundo semestre de 2017, o Comitê Gestor da Estratégia da Justiça Federal (Cogest) escolheu o SERH como o sistema de recursos humanos a ser utilizado por toda a Justiça Federal. A coordenação do projeto fica a cargo do criador do sistema, o TRF4.