Via Legal: TRF4 cede sistemas eletrônicos de gestão ao CNJ

31/10/2018
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

Boa notícia para quem quer estudar fora do Brasil e não quer perder tempo com burocracias na entrega de documentos. O Tribunal Regional Federal da 4ª Região cedeu gratuitamente ao Conselho Nacional de Justiça quatro sistemas eletrônicos de gestão. Os softwares, desenvolvidos pelo tribunal, vão fazer a validação de documentos ficar mais rápida.

Levar tiros, ficar paraplégico e ter que amputar uma das pernas. A tragédia aconteceu com um homem do Rio de Janeiro. Ele voltava para casa com amigos quando foi atingido por disparos feitos por militares da Força de Pacificação no Complexo da Maré. O caso terminou na Justiça Federal e a União foi condenada a pagar pensão mensal, remédios e assistência à vítima para o resto da vida.

O SUS garante tratamento para diversas doenças. Entre elas, a psoríase, que provoca manchas e escamação na pele. Mas uma paciente da Paraíba, que tem a forma mais agressiva da doença, fez várias terapias na rede pública e não resolveu o problema. A única solução foi um medicamento que está fora da lista dos remédios do SUS. Para continuar o tratamento, ela procurou a Justiça. O Tribunal Regional Federal da 5ª Região determinou o fornecimento do remédio.

A Bienal de São Paulo vai até 9 de dezembro e deve receber um milhão de pessoas no pavilhão do Parque Ibirapuera. O que muitos visitantes não sabem é que, por pouco, centenas de obras de arte ficaram de fora da exposição. Tudo por causa de mudanças nas tarifas aeroportuárias pagas para armazenar obras trazidas do exterior. A alteração representaria um aumento desses pagamentos que não estava previsto no orçamento da organização do evento. Situação que foi revertida na Justiça Federal.

Brasil tem quase 900 mil índios, de acordo com o último Censo do IBGE. Doze mil deles, estão nas universidades federais e estaduais. No Pará, um grupo indígena perdeu o prazo de inscrição para o processo seletivo da Universidade do estado. As inscrições eram feitas pela internet e eles foram informados seleção dias antes de acabar o prazo de inscrição. Inconformados, eles procuraram a Justiça. Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou a participação deles no processo seletivo.

O Via Legal é produzido pelo Conselho da Justiça Federal em parceria com os Tribunais Regionais Federais. O programa é exibido nas TVs Cultura e Justiça, além de outras 13 emissoras regionais. Confira os horários de exibição e assista também pela internet: www.youtube.com/programavialegal e www.youtube.com/cjf.

Horários de exibição do Via Legal

TV JUSTIÇA

Quarta-feira - 21h30

Sexta-feira - 11h30

Domingo - 17h30

Terça-feira - 22h30

TV CULTURA

Domingo - 6h30

TV BRASIL

Domingo - 6h