SEI

TRF4 assina convênio com governo de Roraima e prefeitura de Maringá (PR)

24/05/2019
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador federal Thompson Flores, e o governador do estado de Roraima, Antônio Denarium, assinaram hoje (24/5) o termo de cessão do direito de uso do Sistema Eletrônico de Informação – SEI.

Denarium estava acompanhado do secretário de Comunicação de Roraima, Marcos Eraldo Arnoud Marques, do presidente do Instituto de Tecnologia e Inovação do estado, Aluízio Nascimento da Silva, e do assessor especial de Tecnologia Digital, Paulo César Martins Torres.

Thompson Flores iniciou a cerimônia lembrando que mais de 400 órgãos no Brasil, dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, estão usando o SEI. O desembargador enfatizou a economia já gerada aos cofres públicos, “calcula-se que já houve uma economia de R$ 2 bilhões com o uso do sistema”, e a transparência oferecida pelo sistema, “com essa ferramenta, não existe corrupção, qualquer procedimento errado deixará uma digital”.

Denarium se disse feliz e grato pelo convênio. “Sabemos que a cessão demanda uma atuação do tribunal e agradecemos a disponibilidade. Buscamos um governo de transparência”, declarou o governador.

Maringá

Na mesma ocasião, o presidente do TRF4 também assinou o termo de cessão do SEI com o prefeito de Maringá (PR), Ulisses Maia, que veio acompanhado do diretor de Tecnologia da Informação da prefeitura, Sérgio Maximilla.

Ulisses Maia lembrou que a Câmara de Vereadores de Maringá foi uma das pioneiras no uso do SEI em todo o Brasil. “Conheço bem o SEI porque o usei quando fui presidente da casa em 2013 e 2014 e agora estenderemos para o Executivo”, afirmou o prefeito.

A cerimônia ocorreu no Gabinete da Presidência do tribunal e contou com a presença do coordenador do SEI, juiz federal Eduardo Tonetto Picarelli, da diretora-geral do TRF4, Magda Cidade, da coordenadora nacional do SEI, Patrícia Valentina Garcia, e de servidores da corte.

SEI

O SEI foi totalmente criado por servidores do TRF4 em 2009 e hoje é usado por mais de 400 órgãos públicos em todo o país. Só no Poder Judiciário são mais de 40 instituições.

O direito de uso do SEI é cedido gratuitamente e permite a gestão eletrônica e simultânea das atividades administrativas, sem uso de papel, com a atuação dos setores envolvidos em tempo real, promovendo agilidade, sustentabilidade e economia de recursos. Atualmente, já são cerca de 2 bilhões de reais economizados pelos órgãos que seriam gastos somente com a compra de sistemas.

No meio eletrônico, os procedimentos estão sistematizados e disponíveis para consulta. Isso significa menos burocracia e mais celeridade.