Homenagem

Retrato de Magda Cidade é inaugurado na Galeria de Diretores-Gerais do TRF4

17/06/2019
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

A Galeria de Diretores-Gerais do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) ganhou hoje (17/6) mais uma integrante. Nesta tarde, foi descerrado o retrato de Magda Lucia Scheunemann Cidade, a diretora-geral da corte durante o biênio 2017-2019. A cerimônia aconteceu na sede do TRF4, em Porto Alegre, e foi prestigiada por magistrados, servidores e estagiários do tribunal, além de familiares, como o filho, a nora e os netos da homenageada.

O presidente do TRF4, desembargador federal Thompson Flores, coordenou a solenidade. “Nada mais justo que façamos essa homenagem para a Magda Cidade, já que foi ela a idealizadora dessa galeria que retrata a história de todos os nossos diretores-gerais”, relembrou o desembargador ao abrir o evento.

Thompson Flores seguiu reforçando que o cargo de diretor-geral tem importância vital para a administração de uma corte, sendo que a posição “representa o braço executivo que auxilia o presidente em todas as tarefas de gestão”.

O desembargador acrescentou que “se hoje o TRF4 é um órgão de excelência, muito disso se deve à boa atuação dos servidores que ocuparam a diretoria-geral, e a Magda, com a sua longa experiência em administração, trabalhou e contribuiu de forma extremamente positiva”.  

Acompanhada de seus dois netos, Magda realizou o descerramento da fotografia. Logo após, em seu discurso, ela destacou que “na vida sempre existe um novo primeiro dia”. “Em todas as ações lembramos as emoções das nossas missões, desafios e responsabilidades. Assim caminhamos pela história e transformamos as nossas experiências em páginas da nossa existência. Assumir a Diretoria-Geral desta casa virou missão em mais um primeiro dia que a vida me revelou”, declarou.

A diretora-geral fez um balanço de sua gestão, destacando as principais conquistas obtidas pelo TRF4 nos últimos dois anos. Magda apontou a questão da preocupação com o bem estar dos terceirizados do tribunal, que receberam um novo refeitório, um salão multiuso e vestiários reformados. A criação do Datacenter, a entrega do prédio anexo, o lançamento do novo portal, a atualização de sistemas eletrônicos, como o novo Tela TRF4 e o G4, e a inauguração do Museu do TRF4 também foram momentos da gestão celebrados pela homenageada.

“As ações e realizações representam legados perenes da nossa passagem pelo tempo, mas, como fotografias, ficarão ricamente guardadas. É preciso registrar os momentos que nos envolveram em situações de grandes emoções e que colocaram as pessoas à frente de todos os projetos”, ela ressaltou.

Magda concluiu sua fala abordando como será a sua vida após a experiência na diretoria da corte. “Agora, com o mesmo vigor, volto a mais um primeiro dia, com igual desafio e responsabilidade daquela nossa primeira experiência. A única diferença é que essa nova missão será iniciada muito mais rica e com a satisfação de ter conhecido e agregado tantos amigos que esses dois anos me oportunizaram conviver”, finalizou.

Após a cerimônia, a diretora-geral recebeu os cumprimentos de magistrados, servidores e seus familiares presentes.