Exposição "A Justiça Federal e as decisões para minimizar o impacto ambiental e garantir a preservação do meio ambiente"
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4
Exposições anos anteriores:

Tendo em vista que a temática ambiental é uma das competências da Justiça Federal, o Memorial, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (05 de Junho), organizou uma exposição que buscou promover a conscientização a respeito de um dos maiores bens da humanidade: o meio ambiente. Na exposição, pôde-se ter acesso a documentos/objetos que ilustram a atuação da Justiça Federal para minimizar o impacto ambiental e garantir a preservação do meio ambiente.

A amostra apresentou:

- Imagens digitais extraídas de processos históricos.
- Decisões e autos findos que abordam a temática das questões ambientais.
- Objetos apreendidos em ações e/ou operações de órgãos competentes
que resultaram em processos judiciais.
- Material gráfico e eletrônico referente a ações da Gestão Ambiental da JFRS, incluindo a participação da Justiça Federal da 4ª Região na RIO+20.

Duas imagens : na de cima, bonecos de animais em cima de uma mesa com uma arte estilizada imitando plantas caindo dessa mesa; ao lado, na mesma figura, um poster esverdeado com recorte de fotos como pano de fundo (grupo de crianças , cabeça de uma arara, homens num bote em um rio) e no meio do poster um símbolo redondo com desenho de grama sol escrito "Comando Ambiental - Brigada Militar " . Abaixo escrito Fiscalizar - Proteger - Educar. Na imagem abaixo , um banner, ao lado deste uma mesinha com uma revista aberta e mais ao fundo, próximo à parede, uma pequena mesa com laptop em cima. No banner há imagens de luages abertos com gramados, árvores, céu claro, e logo ao lado dessas imagens um texto. Acima do texto um logo com a descrição
Junho/2013

Além disso, uma ação educativa foi realizada - "Capacitação de Final de Tarde" - reunindo a Professora Mestre Ana Cristina de Almeida Garcia, Coordenadora do Curso de Gestão Ambiental da UNISINOS e o Juiz Federal Marcelo Cardozo da Silva, que atuou na Ação Civil Pública do Carvão quando lotado na Subseção Judiciária de Criciúma/SJSC.