Imprimir Documento    Voltar     

Diário Eletrônico

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA FEDERAL DA 4ª REGIÃO
Ano XIV – nº 84 – Porto Alegre, segunda-feira, 22 de abril de 2019

SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

PUBLICAÇÕES ADMINISTRATIVAS



1ª VARA FEDERAL DE BAGÉ


SEI/TRF4 - 4626016 - Anexo

Anexo

ANEXO I

MODELO ORIENTATIVO PARA PROJETOS SOCIAIS

  1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO.
    1. 1.Título do projeto:
    2. 2. Nome da entidade:
    3. 3. Coordenador do projeto:
    4. 4. Fone: ( ) _________________ Fax ( ) ________________
    5. 5. CNPJ da entidade ( CNPJ do CPM se for Escola)
    6. 6. Dados bancários ( nome do banco, nº do banco, conta, agência)
    7. 7. CPF do responsável pela Instituição (para fins de assinatura de convênio)

  1. JUSTIFICATIVA:

Este item deverá responder o quê será desenvolvido e por quê existe a necessidade do projeto na entidade e na comunidade. Deve explicar a relevância do projeto, para os usuários, Entidade e políticas públicas para qual sua atuação está voltada. Sugestão: até 50 linhas.

3. OBJETIVO(S):

Este item deve responder para que vai ser realizado o projeto. Poder conter apenas o objetivo geral, ou objetivo geral e objetivos específicos, sempre, relacionados com os resultados que se pretende alcançar com o projeto. Descrever com clareza e concisão, em até 15 linhas.

4. PÚBLICO BENEFICIADO:

Este item refere-se a para quem, quantas pessoas e quais as características do público a ser beneficiado pelo projeto. Sugestão: até 10 linhas

5. DESCRIÇÃO DA AÇÃO OU METODOLOGIA:

Descrever com clareza e concisão (cerca de 20 linhas) as etapas necessárias, quais e como serão desenvolvidas as atividades para atingir os objetivos propostos, incluindo a alocação de recursos humanos necessários para a efetivação da proposta, possibilitando o entendimento da execução do projeto. Por exemplo, em caso de uma oficina de informática, para qual pretende-se a destinação de recursos para a aquisição de equipamentos de informática, as etapas devem prever: compra, instalação de equipamentos, adequação de espaço físico, contratação de instrutor, início das oficinas, duração do curso, etc. Caso o objetivo seja a qualificação de ação, projeto ou programa, já em andamento, favor referir. Sugestão: até 20 linhas.

6. IMPACTO:

Este item refere-se a quais são os resultados esperados e repercussão do projeto para o público a que se destina, mantendo coerência com os objetivos e a justificativa. Sugestão: até 20 linhas.

7. PARCERIAS E INTERFACES:

Este item deve identificar os apoios externos com quem será executado o projeto. Por interfaces entende-se órgãos da esfera pública (federal, estadual ou municipal) que cederão suas estruturas técnicas, humanas, administrativas, financeiras e de materiais, ao projeto. Por parceria entende-se empresas e /ou entidades e/ou organizações das comunidades que possam apoiar o projeto. Citar o nome da entidade/órgão e tipo de contribuição (financeira, técnica, RH ou outra). Se necessário, acrescentar mais lihas.

PARCERIA

INTERFACE

8. RECURSOS:

8.1 Materiais

Na descrição dos recursos deve constar todo e qualquer material necessário para a execução do projeto. (Ex.: em caso de reforma, listar os materiais que serão utilizados, tais como: canos, fios, argamassa, tinta, etc.), se necessário acrescentar mais linhas.

O valor constante deverá estar de acordo com o orçamento de menor valor, dentre os três orçamentos anexados ao projeto.

MATERIAIS ORÇADOS

Un.

Descrição

Valor Un.

Total1

Total2

Un.= quantidade necessária do material Descrição = descrição do material Valor Un. = Preço de cada unidade do material, Total1= Un. X Valor Un Total2 = soma coluna Total1

8.2 Financeiros:

Neste item deve constar o valor total do projeto e quanto será financiado pela entidade, parcerias/interfaces (comprovando a existência dos valores = contrapartida) e pela Justiça Federal.

Total do Projeto

Entidade/parcerias e interfaces

Justiça Federal

9. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO:

Informar o tempo previsto para a execução de cada uma das etapas e atividades descritas na metodologia Por exemplo, em caso de aquisição de equipamentos de informática: compra, instalação de equipamentos, adequação de espaço físico, contratação de instrutor, oficina, curso, etc. Identificando em cada uma destas etapas/atividades o tempo previsto para seu início e término.

ETAPAS

DURAÇÃO

Início

Término

10. AVALIAÇÃO:

Prever a metodologia de acompanhamento e avaliação do alcance dos objetivos e dos resultados esperados (impacto). Sugestão: até 20 linhas

Local e data.

Nome e assinatura do responsável técnico (se houver) e do responsável legal pela Entidade.

NOTA:

1 - Podem ser apresentadas mais de uma demanda em um único projeto, por exemplo, aquisição de equipamentos e reforma, desde que a justificativa, objetivos e o público a ser beneficiado por tais demandas sejam os mesmos. Caso contrário, deverão ser apresentados projetos distintos para cada demanda (no máximo três), desde que o somatório de seus valores não ultrapasse o limite máximo fixado pelo Programa.

2 – Após concluir a digitação do projeto, apagar todas as instruções de preenchimento, cabeçalhos e rodapé.

3- Atente para a data de validade/renovação dos documentos que certificam o regular funcionamento da Entidade junto aos conselhos municipais que regulam a área de atuação da Entidade (CMAS, CMDCA, CMS, CME, etc.).

3 – Em caso de dúvida, quanto à elaboração de projeto, entrar em contato através do e-mail: rsbagsecdf@jfrs.jus.br

11. ASSINATURA DO RESPONSÁVEL E/OU DO REPRESENTANTE LEGAL DA ENTIDADE


logotipo

Documento assinado eletronicamente por Dagoberto Garcia Oyarzábal, Diretor(a) de Secretaria, em 15/04/2019, às 16:39, conforme art. 1º, III, "b", da Lei 11.419/2006.


QRCode Assinatura

A autenticidade do documento pode ser conferida no site http://www.trf4.jus.br/trf4/processos/verifica.php informando o código verificador 4626016 e o código CRC 2B941BD6.