TRF4 |

Homens flagrados caçando no Parque Nacional do Iguaçu têm condenação confirmada por TRF4

04/11/2015 - 16h47
Atualizada em 04/11/2015 - 16h47
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região confirmou a condenação de três moradores do município de Lindoeste, no oeste paranaense, por caça ilegal de animais silvestres no Parque Nacional do Iguaçu. A decisão da 7ª Turma, tomada na última semana, negou recurso dos réus.

Eles foram flagrados em fevereiro de 2012 com espingardas, munições e uma paca abatida em região de difícil acesso da unidade de conservação, durante a Operação Cuíca, realizada por fiscais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e policiais federais e ambientais.

Os réus foram condenados por crime ambiental, por porte ilegal de armas, visto que as espingardas tinham os números de série raspados, e por negligência contra menor, visto que estavam acompanhados por um rapaz com menos de 18 anos.

O réu que atirou no animal terá que prestar serviços comunitários por três anos e pagar multa de quase R$ 6 mil. Os outros dois prestarão dois anos de serviços comunitários e pagarão R$ 3.700,00 de multa.

ACR 5001529-97.2013.404.7005/TRF

Parque Nacional do Iguaçu
Parque Nacional do Iguaçu