TRF4 dá posse a dois novos desembargadores na tarde de hoje (16/5)

16/05/2016
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

Os novos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) Salise Monteiro Sanchotene e Roger Raupp Rios tomam posse nesta segunda-feira (16/5). A cerimônia ocorrerá no Plenário da corte, às 16h, na Rua Otávio Francisco Caruso da Rocha, nº 300, 2º andar.

Rios, que atualmente é juiz auxiliar da Corregedoria Regional da JF da 4ª Região, é titular da 4ª Vara Federal da capital gaúcha. Ele foi promovido por merecimento e ocupará a vaga do desembargador federal Luiz Carlos de Castro Lugon, que se aposentou.

Juíza titular da 11ª Vara Federal de Porto Alegre e convocada para atuar em função de auxílio no TRF4, Salise foi escolhida pelo critério de antiguidade e assumirá a vaga decorrente da aposentadoria do desembargador federal Tadaaqui Hirose.

Biografias

Natural de Porto Alegre, Roger Raupp Rios formou-se em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem mestrado e doutorado pela mesma instituição e pós-doutorado em Direito pela Universidade de Paris II. Ingressou na magistratura federal em 1994. Foi vice-diretor do Foro da Seção Judiciária do RS (1999-2000) e integrou a Turma Recursal dos Juizados Especiais Federais no RS (2004-2005). No TRF4, já atuou em auxílio à Vice-Presidência (2012-2013) e à Corregedoria Regional (2005-2007 e 2015-2016). É professor e autor de diversos livros e artigos na área dos Direitos Humanos.

Salise Monteiro Sanchotene nasceu em Itaqui (RS) e é formada em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do RS. Tem especialização em Direito Penal pela Universidade de Brasília e é doutoranda em Direito Público e Filosofia Jurídica pela Universidad Autónoma de Madrid. Em 1993, ingressou na magistratura federal, tendo sido diretora do Foro da Seção Judiciária do RS entre 2003 e 2005. Atuou como juíza auxiliar na Presidência do Supremo Tribunal Federal (2007-2008) e na Corregedoria Nacional de Justiça/CNJ (2008-2010). No TRF4, já atuou por diversos períodos como juíza convocada. Em 2011, foi a vencedora do VIII Prêmio Innovare, na categoria juiz individual, pelo projeto “Empregabilidade de Deficientes Visuais”.