COMUNICAÇÃO

Anuário ‘Justiça em tempo de pandemia’ marca retorno do Jornal do TRF4 após uma década

18/12/2020
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

O Jornal do TRF4 (JTRF4), editado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região entre agosto de 1996 e janeiro de 2011, volta à circulação depois de uma década. A Secretaria de Comunicação Corporativa (Secom) da Corte publicou hoje (18/12) uma edição especial de relançamento do periódico, agora repaginado e 100% digital, adaptado aos dias atuais para poupar recursos naturais e financeiros ao evitar a impressão em papel. Apresentando projeto gráfico moderno, tem boa legibilidade em diferentes dispositivos, como celulares, tablets, notebooks e computadores de mesa.

O JTRF4 nº 64 traz a manchete “Justiça em tempo de pandemia” e pode ser lido em www.trf4.jus.br/jornal. Com 129 páginas, é mais extenso do que as edições regulares porque foi concebido como um anuário sobre como o TRF4, neste 2020, precisou adaptar-se bruscamente às circunstâncias quando a crise sanitária de Covid-19 ganhou intensidade no Brasil e impôs luto, restrições e prejuízos à sociedade. Ao longo de suas páginas, é apresentado um panorama geral das ações executadas pelo TRF4 para proteger a saúde e a vida das pessoas sem deixar de cumprir seu dever constitucional de prestar serviços de qualidade aos cidadãos.

Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça

Nos quase 15 anos do seu primeiro ciclo, o Jornal do TRF4 obteve grande receptividade. Pelo retorno dado por profissionais da imprensa e das assessorias de outras instituições, o veículo consolidou-se gradualmente como referência inovadora na comunicação do Judiciário brasileiro.

Além do reconhecimento de seus leitores dentro e fora do Tribunal, o informativo venceu duas vezes o Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, na categoria Veículo Externo de Comunicação Impresso (jornal), em 2004 e 2005, respectivamente, com os projetos "Jornal do TRF – arrojo e informação" e "Espelho e transparência – novo Jornal do TRF: mais espaço para a informação".

Registro histórico e novo ciclo

No início de 2011, foi lançado o nº 63, o último daquela etapa. Depois de 14 anos e meio de publicação, o periódico parou de circular. Com a progressiva informatização do TRF4, não fazia mais sentido o custo financeiro e ambiental das suas tiragens impressas.

O papel que o jornal cumpria, porém, não foi plenamente assumido por nenhum outro veículo. Por selecionarem e consolidarem os principais acontecimentos e as iniciativas mais relevantes do Tribunal em cada período, as primeiras 63 edições do JTRF4 servem como referência na pesquisa sobre as épocas que o jornal retratou. Para reassumir seu papel no registro da história da Corte, o jornal volta agora a ser editado pela Secom, iniciando um novo ciclo após uma década fora de circulação.