JFPR |

Para sempre em nossa memória

31/05/2019 - 18h08
Atualizada em 31/05/2019 - 18h08
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

Em cerimônia realizada na quinta-feira (30) a Sala da Memória da Justiça Federal de Curitiba recebeu o nome do servidor falecido Fábio Luiz dos Santos. Fabião, como era conhecido e carinhosamente chamado pelos colegas, atuou por mais de três décadas na instituição, tendo sido Agente e Chefe da Segurança da JFPR de 1985 até sua morte, em outubro de 2018.

A homenagem - iniciativa da Direção do Foro da JFPR - teve o intento de manter vivo o nome do amigo e colega. Ao abrir a solenidade, o Diretor do Foro, Juiz Federal Marcelo Malucelli, ressaltou o privilégio que sentia em presidi-la, relembrando alguns bons momentos no transcurso da carreira ex-chefe de segurança.

A Diretora de Secretaria da 1ª Vara Federal de Curitiba, Joacita Kopytowski, discursou em nome dos colegas servidores da SJPR, contando aos presentes um pouco sobre a história de Fábião e sua trajetória de vida até a chegada à Justiça Federal. "O currículo de Fabião é conhecido por todos, marcado por uma dedicação profissional imensa, que ia muito além de seu expediente na Justiça. Transitava na JF e instituições parceiras - em especial as de segurança pública - como ninguém e tinha uma invejável capacidade de percepção e habilidade de discernimento, observando com cuidado pessoas e acontecimentos. Fábio era uma verdadeira central de informação da Justiça Federal e tinha o dom de usar as informações para o bem, de forma útil e no tempo certo. Era detentor, justificadamente, da fama de arquivo vivo da instituição. Essa homenagem é um reconhecimento sem precedentes, eternizará o nome do colega na SJPR e servirá de exemplo e inspiração para as próximas gerações de servidores.

O desembargador federal aposentado, Tadaaqui Hirose, ao falar um pouco sobre o amigo Fábio, frisou "Essa homenagem consiste em dar a esta sala de memórias um reconhecimento mais do que merecido de um homem que era sem dúvida o retrato, a representação e a figura da Justiça Federal. Um homem que atuou na linha de frente da JFPR e era reconhecido por todos graças à sua capacidade, inteligência e dinamismo. É com grande satisfação que esta sala perpetua assim o nome de Fábio Luiz dos Santos na memória da Justiça Federal do Paraná e em toda a 4ª Região".

Thaís dos Santos, filha de Fabião, falou em nome dos familiares: "Em nome da minha família quero agradecer essa homenagem. É uma honra ter o nome do nosso pai eternizado aqui na Justiça. Quem conhecia meu pai sabia que aqui era a segunda casa dele, acho até que por muitas vezes a primeira. Aqui ficava a segunda família dele. Ficamos muito honrados. A dor da perda não passa, não acaba, mas os nossos corações ficam mais acalentados e aquecidos com todo esse carinho".

Ao encerrar o evento, Malucelli agradeceu a permissão do uso do nome na nominação pela família, possibilitando à JFPR a realização da homenagem. "A Sala da Memória tem um significado especial pois fica ao lado da Sala de Segurança em que ele trabalhava, e a data escolhida para este evento também é significativa: véspera do aniversário de Fabião, que completaria 60 anos no dia 31 de maio, data escolhida para constar da placa que oficializa a nominação. Se eu puder definir em uma única palavra o que ele representou para mim esses anos todos, seria brandura".

Thaís e Júlio, filhos do homenageado, e Cláudia Kogut, sua companheira, descerraram a placa alusiva à ocasião e receberam bouquets de flores das mãos das servidoras Eliane Peixoto, Diretora da 23ª Vara Federal da Capital e Márcia Collin, Diretora do Núcleo de Gestão Funcional da SJPR.

* Acompanhe as notícias da JFPR também pelo Twitter: https://twitter.com/JFPR_oficial