JFPR |

Justiça Federal se reúne com Caixa para retomar conciliações

23/04/2020 - 18h12
Atualizada em 23/04/2020 - 18h12
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

Representantes da Justiça Federal do Paraná e da Caixa Econômica Federal (CEF) reuniram-se na quarta-feira (15) para discutir a viabilidade de dar andamento às conciliações.

Participaram da reunião a coordenadora regional adjunta do Cejuscon, Giovanna Mayer, o magistrado coordenador do Cejuscon em Londrina, Bruno Henrique Silva Santos, os coordenadores jurídicos da CEF, Roseli Bettes, Patrícia Raquel Caires Jost Guadanhim e Marcelo Martins. Ainda participaram a diretora do Núcleo de Conciliações, Simone Pedroso Ribeiro, a supervisora do Núcleo em Curitiba, Bárbara Bach Camargo e a supervisora do Cejuscon em Londrina, Silvana Ferreira.

Segundo a Juíza Coordenadora do Cejuscon em Curitiba Anne Karina Stipp Amador Costa, "Ficou acordado que, devido à delicada situação ocasionada pela pandemia, deveriam ser priorizadas as ações indenizatórias que envolvem dano material e moral propostas contra a CEF - nas quais a parte autora busca receber valores, além daquelas em que houver pedido expresso das partes em razão de situação peculiar que exija urgência".

Quanto às ações habitacionais e de contratos bancários que envolvam pagamento pelos mutuários, serão, de regra, redesignadas, desde logo, para data a partir do mês de agosto, quando, então, se espera que haja condições mais propícias à celebração dos acordos.

Até o mês de agosto, a realização das audiências permanecerá no formato de mutirão, com datas previamente agendadas com a CEF e os advogados das partes, contudo em encontros virtuais, podendo ser utilizada a ferramenta que se mostrar mais apta, como zoom ou whatshapp. Contarão com a supervisão dos conciliadores e servidores do Núcleo de conciliação, com a elaboração do respectivo termo de audiência e de acordo, se o caso.

A CEF comprometeu-se com a participação à distância de advogados internos dando suporte aos terceirizados com o intuito de incrementar os índices de conciliação.

Tais medidas serão adotadas, inicialmente, em Curitiba, Ponta Grossa, Londrina e Maringá, mas poderão se estender aos demais Cejuscons caso haja interesse dos respectivos juízes coordenadores mediante contato com a CEF e com o Núcleo de Conciliações da JFPR. Maiores informações podem ser obtidas junto ao Núcleo de Conciliações pelo Whatsapp (41) 98888-7417 ou pelo e-mail nconc@jfpr.jus.br