JFPR | Estágio

JFPR celebra Dia do Estagiário com evento inédito repleto de atividades para desenvolvimento pessoal

19/08/2022 - 19h14
Atualizada em 19/08/2022 - 19h23
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

Para celebrar o Dia Nacional do Estagiário, a Justiça Federal do Paraná realizou o 1º Encontro de Estagiários na tarde de quinta-feira (18). O encontro inédito foi realizado de maneira híbrida - presencial com transmissão via ZOOM -, permitindo que todos os estagiários lotados nas Subseções Judiciárias do Paraná também pudessem acompanhar. O evento aconteceu no auditório do edifício-sede Cabral da JFPR, em Curitiba. 

A abertura do 1º Encontro de Estagiários foi realizada pelo diretor do Foro da SJPR, juiz federal José Antonio Savaris, que destacou a importância dos estagiários para o trabalho da instituição e que o objetivo do encontro foi integrar ainda mais os estagiários, permitindo que todos tenham melhor aproveitamento da experiência e do aprendizado durante o período de estágio.

Durante vários momentos do evento, o magistrado lembrou histórias de estagiários que passaram pela Justiça Federal. “Tivemos estagiários(as) que por aqui passaram e hoje trabalham na Seção Judiciária do Paraná, seja como servidor ou juiz federal. Esse evento é uma forma de prestigiar todos que aqui passaram e que aqui estão, fazendo com que todos todos se sintam reconhecidos e protagonistas da história da Justiça Federal”. 

Um dos idealizadores do evento, o juiz federal José Carlos Fabri, disse que a ideia surgiu de um bate-papo da Direção do Foro da SJPR, estagiários e juízes de Campo Mourão. “Nesta visita, onde todos estávamos fazendo uma integração, surgiu também a ideia de elaborarmos um manual para servir de orientação, tanto aos novos estagiários quanto aos servidores que os recepcionam e orientam”. O magistrado agradeceu à Direção do Foro e a todos os que colaboraram para a realização do excelente evento, desejando parabéns a todos os estagiários e estagiárias da Justiça Federal “pela engajada participação nas atividades e pela valorosa colaboração diária no clima organizacional e no cumprimento da importante missão de levar Justiça às pessoas que dela mais necessitam”.

A diretora da Secretaria Administrativa, Daniela Hideko Ynoue, também parabenizou todos(as) os(as) estagiários(as) presentes pelo Dia. “Estágio é um período de aprendizado e experiência e, para além da vida profissional, o estágio permite também a construção de relações para a vida. Desejo que todos tenham boa experiência de estágio e crescimento pessoal”.

Tarde de atividades

O coordenador do Núcleo de Capacitação, juiz federal substituto Érico Sanches Ferreira dos Santos, iniciou a tarde de atividades com uma brincadeira, envolvendo todos os presentes e aqueles que também acompanharam o encontro de forma virtual nas Subseções do interior. A ideia foi fazer com que todos pudessem interagir e compartilhar sobre a importância de estagiar na Justiça Federal e o que isso representa em suas vidas.

Convidada para falar, Leticia Galvan Sella (estagiária 4ª Vara Federal de Curitiba), estudante do último período de Direito, expôs sobre sua relação com a Justiça Federal. “Estou praticamente me formando e logo deixarei a instituição. Estagiar na JF é muito bom, pois a cada dia que passa eu aprendo algo diferente. Com certeza, essa experiência levarei para o resto da vida, carregando os aprendizados e conhecimentos adquiridos”.  

Entre as atividades realizadas durante a primeira parte do encontro, o diretor do Foro conduziu o Talking com ex-estagiárias da JF de Curitiba e hoje juízas federais, Stella Stefano Malvezzi e Soraia Tullio, e a ex-estagiária e hoje servidora Karin Grocoske Kuster Vieira e o advogado Giovani Cassio Piovezan, da OAB/PR, também ex-estagiário. Todos contaram suas experiências, reforçando que o processo de aprendizagem que o estágio possibilita é algo extremamente importante para o futuro profissional e que se deve valorizar esses momentos. 

Recados dos diretores de Foro das Subseções, juízes e juízas federais e diretores de várias Varas Federais foram apresentados em vídeo preparado pela Seção de Memória, como forma de parabenizar todos e todas pelo Dia do Estagiário. 

Encerrada a primeira parte do evento, que contou com a participação de mais de 160 estagiários de Curitiba e cidades do interior, cada Subseção Judiciária realizou localmente atividades próprias de integração. Entre as ações, estavam palestras, oficinas em grupos para promover a integração e valorização dos estagiários, bate-papo com ex-estagiários e coffee break. 

Ao subir ao palco para iniciar a segunda parte do encontro apresentado apenas para estagiários de Curitiba, o servidor Nathan Barros Osipe apresentou o momento “Reflexões Sonoras, para onde vai nossa geração?”. Ele musicou sobre juventude, fazendo com que todos refletissem sobre a busca da felicidade. Na sequência, os diretores de Varas Federais Eliane Nisihara Peixoto, Maria Elisa Mariano Lacombe, Kely Cristina Laurentino e Gustavo Vanini Nunes falaram sobre o dia a dia do trabalho e a importância das relações, bem como a importância de se comunicar da melhor forma.

Estágio na JFPR

O Programa de Estágio remunerado da JFPR foi implementado em agosto de 1997 pela Direção do Foro da Seção Judiciária do Paraná, sendo que a primeira seleção contava com 27 acadêmicos.

Atualmente, são 341 estagiários de ensino superior, dos quais 323 são estudantes de Direito, havendo, ainda, estagiários das áreas de Administração, Ciências Contábeis, Design Gráfico, Gestão da Informação, História, Informática, Jornalismo e Gestão de Dados Públicos.

Nestes 25 anos de existência, o programa buscou acrescentar conhecimento no processo de aprendizagem do estudante, juntando treinamento prático, aperfeiçoamento técnico-cultural, científico e de relacionamento humano. 

A supervisora da Seção de Estágios da JFPR, Marísia Faucz, destacou que para a maioria dos estudantes o estágio na instituição é o primeiro contato com a área de atuação escolhida. “Através do estágio, o estudante experimenta a realidade da profissão, e pode compreender melhor as áreas de atuação da futura carreira. Além do aspecto profissional, o estágio também proporciona conhecimentos e habilidades que serão de extrema importância no desenvolvimento pessoal e social do estudante”.