JFPR | combate ao crime

JF autoriza operação contra organização que atuava com lavagem de dinheiro e tráfico

23/11/2022 - 12h33
Atualizada em 23/11/2022 - 14h13
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

 

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (23/11) a operação para desarticular organização criminosa que atuava com a lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e outros crimes diversos. Os 07 (sete) mandados judiciais de busca e apreensão foram expedidos pela 23ª Vara Federal de Curitiba (PR). A operação recebeu o nome de Banco Paralelo. 

A operação realizada hoje foi a segunda fase da Operação Fluxo Capital, que aconteceu em fevereiro de 2022. Ela decorreu da necessidade de continuidade das apurações em razão da identificação de novos integrantes da organização criminosa até então desconhecidos, bem como a identificação de diversos bens móveis e imóveis que foram adquiridos total ou parcialmente com dinheiro oriundo da ORCRIM investigada.

A Justiça Federal também autorizou o sequestro de bens móveis e imóveis, cujos valores estimados ultrapassam os 30 milhões de reais, e o bloqueio de valores e contas bancárias e a suspensão dos CNPJ’s das empresas envolvidas.

Com informações assessoria de imprensa da Polícia Federal. 

COMSOC/JFPR (imprensa@jfpr.jus.br)


Imagem de malhete e algema.