Mutirão previdenciário: TRF4 alcança mais de 80% de acordo

03/12/2010 - 18h50
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4
  • Clique para ler ou parar a leitura da notícia
O mutirão de conciliação com processos previdenciários que tramitam em grau de recurso no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) terminou ontem (2/12), no final da tarde, com índice de acordo de 81,5%. A atividade fez parte da Semana Nacional da Conciliação, promovida em todo o país pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Foram realizadas, entre quarta e quinta-feira, 103 audiências envolvendo processos provenientes de gabinetes da 5ª Turma do tribunal. Desse total, sete processos foram suspensos para análise posterior de propostas. Em apenas 11 ações não houve acordo.

Esse foi o primeiro mutirão realizado na corte envolvendo processos previdenciários. A ideia é ampliar o projeto, realizando, por meio do Sistema de Conciliação do TRF4, mutirões regionalizados em cidades-polo da Região Sul.

As negociações entre os autores das ações e os procuradores da Procuradoria Federal Especializada junto ao INSS ocorreram no auditório do tribunal. O juiz federal Hermes Siedler da Conceição Jr., convocado para atuar no TRF4, coordenou o mutirão, que contou com a participação de servidores da corte, atuando como conciliadores.

Veja aqui a matéria veiculada no Jornal da Justiça - 2ª Edição de hoje (3/12), na TV Justiça.


Equipe que atuou no mutirão realizado no auditório do tribunal