2013 - EAD | EMAGIS - Curso online de Direito Ambiental para juízes ibero-americanos
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4



Evento
Curso a distância de Direito Ambiental para juízes ibero-americanos: discutindo na prática o Princípio 10 da Declaração do Rio

Modalidade
EAD

Período de realização
09 de abril a 29 de maio de 2013

Local
Ambiente Virtual de Aprendizagem - EAD|Emagis
(eademagis.trf4.jus.br)

Carga horária
Cinquenta (50) horas de curso, distribuídas em 5 módulos de 10 horas cada.

Objetivo geral
Criar espaço para discussão, reflexão e troca de informações, experiências e boas práticas em matéria de meio ambiente entre juízes ibero-americanos, qualificando esses magistrados e preparando a futura implantação de rede judiciária ibero-americana em matéria de meio ambiente.

 

Inscrições

  • As inscrições estarão abertas do dia 04 de março a 26 de março de 2013, devendo ser efetuadas pela Intranet - Central RH - Afastamentos, licenças e férias - Atividades EMAGIS - TRF - Inscrição e afastamento.




  •  

Metodologia
O curso será desenvolvido em quatro módulos, no ambiente virtual de aprendizagem - plataforma moodle -, com utilização de material didático virtual e impresso, vídeos, envolvendo proposição de estudos de casos e debates por meio de proposição de temas para discussão em fóruns. Cada módulo terá a duração de 10 h/a. Um quinto módulo será destinado à elaboração de trabalho final para aferição do aproveitamento.

Frequência
O participante deverá ter computado acesso a pelo menos 80% (oitenta por cento) do material didático obrigatório disponibilizado no AVA da EMAGIS, verificado em relatório de registro de acesso ao sistema.

Avaliação do cursista
Serão observados os aspectos de interesse e participação. No que tange à aferição do aproveitamento, o mesmo dar-se-á mediante estudo de caso e participação nos fóruns de discussão - no mínimo deverá o participante postar duas manifestações em cada fórum. A avaliação e a frequência ao curso serão consideradas para fins de promoção por merecimento na carreira, conforme o disposto na Resolução nº 02, de 14 de janeiro de 2010, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Certificação
Para obter o certificado do curso, o magistrado deverá obter frequência mínima e lograr aproveitamento na avaliação de aprendizagem.




 

 

Projeto do Desembargador Federal Cândido Alfredo Silva Leal Júnior apresentado e aprovado na XVI Cúpula Judicial Iberoamericana, no México, a partir das propostas levantadas na Declaração de Buenos Aires, elaborada na Assembleia Plenária de 2012.


Início do curso: 09 de abril de 2013