TRF4 | Concurso público

Justiça Federal realiza a segunda etapa de concurso para magistratura

10/10/2022 - 14h31
Atualizada em 10/10/2022 - 18h56
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

Neste final de semana (7, 8 e 9/10), os candidatos para o XVIII Concurso Público para Provimento do Cargo de Juíza Federal Substituta e de Juiz Federal Substituto da 4ª Região realizaram as provas da segunda etapa nas três capitais, Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba.

No dia 7, foi aplicada a prova discursiva, consistente em 4 questões. No dia 8, prova de sentença cível e no dia 9, prova de sentença penal.

Dos 382 candidatos que tiveram a inscrição deferida em toda a Região Sul, 34 não compareceram, representando 8,63% de abstenção.

A próxima etapa, ainda sem data definida, prevê a realização de sessão pública para identificação dos candidatos aprovados na prova discursiva.

Diretor da Emagis acompanhou provas no Paraná

Em Curitiba, a Comissão de Execução e Fiscalização do Concurso no Paraná, composta pelo diretor do Foro da SJPR, juiz José Antonio Savaris, pela procuradora da República, Yara Queiroz Ribeiro da Silva Sprada, e pelos representantes da OAB/PR, Adilson Pasqual e Giovani Cássio Piovezan, acompanhou a realização do exame, que transcorreu em total segurança e sem nenhuma intercorrência.

O desembargador federal João Batista Pinto Silveira, diretor da Emagis e presidente da Comissão Organizadora do Concurso, esteve presente durante os dias de prova e salienta que todo o processo transcorreu de forma tranquila. “Fiquei muito feliz com a forma como se desenvolveu o trabalho das comissões locais. Encerramos hoje uma etapa muito importante, que é a das provas escritas e depois vem a etapa oral, daqueles que lograram aprovação nestas provas”.

E complementa “como presidente da comissão, sinto-me muito orgulhoso de toda a equipe e também das comissões locais e dos diretores do foro das seções judiciais do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul”.

Além disso, o desembargador aposentado Vladimir Passos de Freitas, ex-presidente do TRF4, representante da academia na Comissão do Organizadora do Concurso, também compareceu à sede da JFPR para conferir o andamento dos trabalhos no primeiro dia de provas.

Para a candidata Ana Carolina Alcantarino Kumkel, que veio do Mato Grosso, o concurso foi bem organizado. “Dá para perceber o respeito e acolhimento em relação às pessoas. Me senti segura em relação aos procedimentos de segurança adotados”.

 

Com informações da Comsoc/JFPR (imprensa@jfpr.jus.br)

ACS/TRF4 (acs@trf4.jus.br)


Foto da sala do concurso com os candidatos de costas escrevendo
Candidatos fazem prova em Curitiba