TRF4 | Tecnologia

Novo serviço do eproc traz mais celeridade no processamento de precatórios e RPVs

10/01/2023 - 16h49
Atualizada em 10/01/2023 - 16h52
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) concluiu, no dia 7 dezembro de 2022, a implantação de um novo serviço do sistema de processo judicial eletrônico da Justiça Federal da 4ª Região, o eproc, para o envio de dados de precatórios e Requisições de Pequeno Valor (RPVs) ao sistema SISPREC, do Conselho da Justiça Federal (CJF).

Essa nova ferramenta permite o aperfeiçoamento do envio, recebimento e processamento de precatórios e RPVs. O juiz federal coordenador do eproc Eduardo Tonetto Picarelli destaca que com a integração realizada entre os sistemas, os dados passam a ser enviados diretamente pelo eproc ao sistema de precatórios - SISPREC -, do CJF, com ganhos em termos de celeridade, confiabilidade e segurança no processamento das informações.

A nova funcionalidade ainda atua de maneira complementar ao Sistema de Integração de Cálculos e Automatização das Requisições de Pagamento (SICAR) do eproc. Dessa forma, o jurisdicionado pode contar com maior agilidade para o recebimento do precatório ou da RPV que tem direito.

 

ACS/TRF4 (acs@trf4.jus.br)


Sede do TRF4 em Porto Alegre
Sede do TRF4 em Porto Alegre