TRF4 |

Via Legal discute a criação de animais silvestres como bichos de estimação

27/06/2012 - 18h34
Atualizada em 27/06/2012 - 18h34
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4
Na edição desta semana, o programa Via Legal destaca uma situação proibida por lei, mas ainda frequente no Brasil: a criação de animais silvestres como bichos de estimação. Direto de Porto Alegre, Nara Sarmento mostra o relato de um casal que corre o risco de perder os quatro papagaios que cria há anos. A família não tem licença do Ibama, mas se recusa a entregar as aves, o que levou o caso à Justiça. Já foram três decisões, mas o destino dos papagaios continua indefinido.

Sobre o mesmo tema, Viviane Rosa traz a história de um rapaz que cria uma cobra em casa e, ao contrário do casal gaúcho, tem autorização do órgão de fiscalização. A reportagem apresenta o desfecho de uma outra demanda judicial que terminou com a vitória de uma família que criava uma arara há 23 anos. Para o juiz que analisou o pedido, a ave poderia morrer se fosse devolvida à natureza.

A possibilidade do animal apreendido não se readaptar ao habitat natural é um dos pontos debatidos neste tipo de ação. O Via Legal discutiu o assunto e mostrou o trabalho feito por uma entidade de Brasília. Os responsáveis pelo projeto Bicho Livre garantem que em seis semanas uma arara que sempre viveu em gaiolas consegue aprender a voar.

O programa também repercute mais uma decisão judicial referente ao período da Ditadura Militar. A família de um desaparecido político conseguiu o direito de alterar o atestado de óbito da vítima. Com isso, o Estado reconhece que ele foi assassinado e não cometeu suicídio, como dizia o primeiro documento. Erica Resende mostra as consequências da decisão para outros parentes de vítimas que ainda aguardam respostas do Estado.

Outro destaque desta edição é a tentativa de uma entidade de assumir, sozinha, o controle da uma TV Comunitária que funciona em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. A organização chegou a pedir o aval dos tribunais, mas não deu certo. É que, por lei, esse tipo de emissora deve ser administrado por toda a sociedade. Também é preciso que não haja fins lucrativos e que os programas produzidos e exibidos mostrem e valorizem aspectos da cultura regional.  A reportagem é de Denise Moraes.

O Via Legal é exibido nas TVs Cultura, Justiça, Brasil, além de em outras 25 emissoras regionais. Confira os horários de exibição e assista também pela Internet: www.vialegal.cjf.jus.br ou www.programavialegal.blogspot.com.

Dias e horários em que o Via Legal vai ao ar:

Na TV Justiça
Quarta-feira - 21h30min (inédito)
Sexta-feira - 18h (reprise)
Domingo - 18h (reprise)
Terça-feira - 12h (reprise)

Na TVE/RS
Segunda - 7h30min

Na Rede TV Cultura
Sábado - 7h30min

Na TV Brasil
Sábado - 8h30min

Fonte: Imprensa CJF