TRF4 |

Política de cotas na universidade é destaque no Via Legal desta semana

19/07/2012 - 13h32
Atualizada em 19/07/2012 - 13h32
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4
Na edição desta semana, o programa Via Legal fala, de Porto Alegre, sobre a política de cotas adotada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O modelo foi questionado por um estudante quer foi aprovado no vestibular como cotista, mas teve a matrícula recusada por ter feito parte do ensino médio em uma escola particular. A repórter Nara Sarmento acompanhou este caso que só foi decidido nos tribunais.

O Via Legal mostra ainda a importância da imprensa e a investida de pessoas que tentam limitar a atividade, atingindo o direito da sociedade de ter acesso à informação. Viviane Rosa conta a história de um repórter fotográfico que foi espancado por militares do Exército durante uma cobertura jornalística. O caso chegou à Justiça Federal e a corporação foi condenada por abuso de poder.

Ainda sobre o tema, o programa mostra a briga judicial envolvendo um veículo de comunicação e um servidor público do Rio de Janeiro. O embate começou quando o jornal oficial da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) publicou a notícia de que o funcionário havia sido advertido pela má qualidade do serviço prestado. O homem procurou os tribunais para pedir indenização e direito de resposta. O desfecho deste caso está na reportagem de Denise Moraes.

Outro destaque desta edição diz respeito à venda de medicamentos no Brasil. Por uma questão de segurança, a presença de um farmacêutico é obrigatória em todas as etapas - da produção à distribuição dos produtos - mas nem todos concordam. Em Pernambuco, por exemplo, uma empresa tentou derrubar a norma com o argumento de que, na fase da distribuição, o profissional cumpre apenas função administrativa.

O Via Legal também faz um alerta sobre os perigos da colheita manual da cana-de-açúcar. A prática, que exige a queima da matéria prima, traz riscos à saúde dos trabalhadores e agride o meio ambiente. Erica Resende explica que todas as usinas brasileiras têm mais dois anos para substituir esse modelo de produção. Até lá, alguns produtores estão autorizados a adotar o método tradicional.

O Via Legal é exibido nas TVs Cultura, Justiça, Brasil, além de em outras 25 emissoras regionais. Confira os horários de exibição e assista também pela Internet: www.vialegal.cjf.jus.br ou www.programavialegal.blogspot.com.

Dias e horários em que o Via Legal vai ao ar:

Na TV Justiça
Quarta-feira - 21h30min (inédito)
Sexta-feira - 18h (reprise)
Domingo - 18h (reprise)
Terça-feira - 12h (reprise)

Na TVE/RS
Segunda - 7h30min

Na Rede TV Cultura
Sábado - 7h30min

Na TV Brasil
Sábado - 8h30min

Fonte: Imprensa CJF