TRF4 |

Via Legal desta semana fala sobre o uso de sementes transgênicas

28/05/2008 - 12h58
Atualizada em 28/05/2008 - 12h58
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4

No momento em que o mundo discute o aumento nos preços e a queda na produção de alimentos, o programa Via Legal mostra o que, para muitos, pode ser a solução do problema: o uso de sementes transgênicas. Apesar de significar maior produtividade, a medida ainda gera polêmica. Do Rio Grande do Sul, a repórter Analice Bolzan explica a decisão judicial que abre caminho para a plantação do milho geneticamente modificado pelos produtores brasileiros.

Do Rio de Janeiro, Viviane Rosa mostra como agia uma quadrilha de pedófilos estrangeiros. O grupo usava uma loja de lingerie no município de Friburgo para atrair meninas que se deixavam fotografar pela promessa de virar modelos. Agora, a luta da Justiça é pela punição dos responsáveis que, mesmo condenados, conseguiram deixar o Brasil.

Um crime que normalmente é cometido sem que os envolvidos percebam a gravidade do que estão fazendo. A compra de um produto falsificado ou que tenha entrado no país de forma irregular funciona como estímulo à sonegação de impostos. Um problema sério que causa prejuízos milionários ao país. Juliano Domingues conta que em Pernambuco o assunto se transformou em tema de estudo realizado por um juiz federal.

O Via Legal desta semana também traz uma reportagem sobre a reciclagem de papel, uma iniciativa simples e que pode fazer a diferença quando o assunto é a preservação dos recursos naturais. Apesar de ainda estar longe do cenário ideal, o Brasil comemora o fato de algumas práticas, que até pouco tempo só existiam na iniciativa privada, terem sido incorporadas à rotina de órgãos públicos. Luciana Munaretti foi conferir o que o Judiciário de São Paulo tem feito com os papéis que não têm mais utilidade.

Fonte: Cpjus/CJF

Dias e horários em que o Via Legal vai ao ar:

Na TV Justiça
Quarta-feira - 20h30 (inédito)
Sábado - 10h30 / Segunda-feira - 14h30 (reprises)
Nas Redes Cultura e Educativa
Sábado - 8h