TRF4 |

Fila em bancos é destaque no Via Legal

07/07/2010 - 12h44
Atualizada em 07/07/2010 - 12h44
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp
  • TRF4 no Flickr
  • Assine o RSS do TRF4
Na matéria produzida pela Região Sul para o programa Via Legal desta semana, Analice Bolzan trata de um assunto que ainda tira do sério quem precisa ir a uma agência bancária. Apesar de existirem dezenas de leis estaduais e municipais limitando o tempo de espera, praticamente nenhum banco respeita as exigências. Não é difícil encontrar quem foi obrigado a passar horas na fila à espera de atendimento.

Como se sente alguém que recebeu um diagnóstico errado de Aids? Qual deve ser a compensação para um paciente obrigado a passar anos em cima de uma cama por causa dos efeitos de uma vacina? O Via Legal responde essas e outras perguntas que envolvem o tema erro médico. Em uma das reportagens, Viviane Rosa mostra o drama de uma moradora da cidade de Vitória. Ela soube que tinha o vírus HIV depois de procurar um hospital público mas, por uma coincidência, passou por um novo teste que provou o erro. Aliviada e ao mesmo tempo revoltada, a mulher procurou a Justiça.

Ainda sobre o tema, o programa recorda a história de um estudante de Manaus que, depois de tomar uma vacina, entrou em coma e passou boa parte da adolescência dentro do hospital. A família processou o Estado e garantiu o direito de receber indenização por danos morais.

O destaque de São Paulo é uma decisão que promete assegurar aos estudantes da Faculdade de Direito da USP o acesso a milhares de livros que haviam sido encaixotados pela instituição. A medida, tomada para ampliar o número de salas de aula, foi considerada um erro pela Justiça Federal. Para piorar a situação, os livros teriam sido guardados em um prédio sem estrutura e com goteiras. A reportagem é de Erica Resende.

Juliano Domingues esteve no Rio Grande do Norte acompanhando uma inspeção judicial. A prática tem sido adotada com frequência por juízes que trocam os gabinetes pelo trabalho de campo. A meta é ver de perto a situação descrita no processo e descobrir se os pedidos realmente devem ser atendidos. No caso das questões previdenciárias, as inspeções mostraram que, em 60% dos casos, os autores não tinham direito ao benefício solicitado.

O Via Legal é exibido nas TVs Cultura, Brasil, Justiça e mais de 25 emissoras regionais. Confira os horários de exibição e assista também pela Internet: www.vialegal.cjf.jus.br ou www.programavialegal.blogspot.com.

Dias e horários em que o Via Legal vai ao ar:

Na TV Justiça
Quarta-feira - 21h30min (inédito)
Domingo - 18h (reprise)

Na TVE/RS
Segunda - 7h30min

Na Rede TV Cultura
Sábado - 7h30min

Na TV Brasil
Sábado - 8h30min

Fonte: Imprensa CJF